SINCO.net Desde 1982
Sobre a SINCO Produtos Servidores Workstations Customize seu Equipamento Contato
Início » Empresa » Sala de Imprensa » Matéria

O GLOBO

O GLOBO
INFORMÁTICA etc
Página 6
Segunda Feira - 25 de Maio de 1998


O mau exemplo das companhias informatas

O internauta carioca acostumado a exercitar seu poder de compra on-line com encomendas de livros e CDs pode se frustrar quando tentar fazer o mesmo com produtos de informática. A maioria das revendas que imprime nos seus anúncios endereços de websites e e-mails - dando a entender que também oferece portas virtuais para o contato com o usuário - não garante um serviço adequado.

Sites em construção, mensagens cujo destinatário é ignorado e URLs inexistentes são alguns dos obstáculos enfrentados pelo usuário carioca que não pretende percorrer as lojas de informática da cidade. Uma simples tomada de preços pode causar enxaqueca, especialmente quando o comprador descobre que o canal de comunicação aberto pelas revendas - o e-mail - está fechado. As empresas não costumam responder os pedidos de cotação feitos via Internet.

Foi o que descobriu o biólogo Franklin Mattos. Consultor na área de educação ambiental para comunidades de baixa renda, ele quis adquirir através da Web um Pentium II 233MHz.

- Geralmente a cotação por telefone é demorada e achei que por e-mail seria mais fácil - diz.

O que o biólogo não esperava é que as empresas não pensam assim. Franklin enviou mensagens para 23 revendas diferentes e recebeu uma única resposta pela rede. Outras duas empresas retornaram por telefone e insistiram em enviar propostas via fax. Cansado de formulários e e-mails sem respostas, ele enfiou o talão de cheque no bolso e comprou a máquina na Comdex Rio.

- As empresas deveriam ter uma relação ética com o cliente. Se elas não podem oferecer um serviço, não devem anunciá-lo - reclama Franklin, que se sentiu frustrado por não encontrar um sistema de vendas eficiente, como acontece em outras áreas.

Antes de enviar as mensagens pessoais, passamos 40 minutos para encontrar uma tabela de preços entre os sites de venda de equipamentos listados pelo Buscaweb. Tentativa infrutífera. Ou os servidores não localizam a URL, como no caso das revendas Adanitec e Aliands, ou o site é um quadro de avisos travestido, como na página da Amazon Info.

Em seguida, enviamos e-mail para 11 empresas - LEB, Pas Tecnologies, Jaceguai, Future Tech, Top Line, Borgtec, Ten Sistemas, Creative Reseller, Pronto Computer, Infonorte e Computer Solutions - com o subject "Cotação de preço/Urgente". Apenas duas responderam em 24 horas: a Pas Tecnologies e a Computer Solutions. A Ten Sistemas mandou uma proposta depois que a sua unidade de varejo, a Creative Reseller, foi ouvida pelo caderno.

- Não vale a pena responder pedido de cotação de preços porque a maioria dos clientes não dá retorno - diz o diretor da revenda Infonorte, Jones Flexa.

Há dois meses divulgando seu e-mail em anúncios nos cadernos de classificados, ele conta que retornou cerca de cem mensagens, sem fechar qualquer negócio:

- É muita gente jovem, que pergunta por perguntar. Muitas vezes pedem produtos cujas informações já estão no anúncio.

A Infonorte está há quatro anos no mercado de revendas, comercializando cerca de 50 computadores por mês. Flexa informa que deverá retirar o e-mail da sua publicidade e cortar o contrato com seu provedor de acesso.

- Vender por telefone é mais produtivo - conclui.

Essa opinião é compartilhada por Claudio Toledo, gerente da Creative Reseller. A empresa é o "braço varejo" da Ten Sistemas e Rede, que atende prioritariamente ao mercado corporativo. Revenda autorizada de IBM, Compaq, HP e Epson, a Creative não responde cotações de preços via e-mail. O gerente Claudio Toledo argumenta que muitos usuários chegam a enviar o mesmo pedido "com cópia para 30 empresas".

- E-mail do tipo leilão eu não respondo - afirma.

Apesar da maré contrária, ainda restam otimistas nesse mercado. Marcelo Schmidt, sócio-gerente da Jaceguai Informática, anuncia a existência de sua home page nos jornais há um ano e nesse período já comercializou 35 máquinas através da rede. Com um faturamento mensal em torno dos R$ 80 mil, a Jaceguai vai lançar, em julho, um site seguro para os internautas fazerem suas compras com cartão de crédito. O motivo é um só: Schmidt acredita que a iniciativa vai fazer suas vendas crescerem 25%.

Outra empresa que endossa o comércio de informática através da Internet é a Sinco Sistemas. O seu site - no ar desde março de 1996 - compila dados sobre 500 produtos, registra 20 mil visitas mensais e recebe 150 e-mails por dia. Revenda autorizada Intel, a empresa comercializa 80 servidores/mês e 30% dos negócios fechados têm origem na resposta das cotações via e-mail.

- Toda mensagem com cópia para 500 empresas é recebida por nós com um sorriso, porque já sabemos que a concorrência não vai responder. Mas o começo é sempre árduo. No primeiro mês, nós recebemos apenas dois e-mails. Se não tivéssemos respondido aqueles dois, hoje não estaríamos recebendo 150 mensagens por dia - ensina Ralph Vils, diretor da empresa.

O GLOBO

 

. . . .
. WhatsApp (21) 996297920 Blogger Instagram Facebook Twitter .
Sobre a Sinco | Blog | Instagram | Facebook | Sala de Imprensa | Suporte | Contato
Estrada da Bica 96 | Rio de Janeiro | CEP 21.931-070 | Mapa
Fone: (21) 2533.2524 | WhatsApp (21) 996297920 | Atendimento
CNPJ 27.072.453/0001-80 | Código de Defesa do Consumidor
Fundada em 12 de fevereiro de 1982 | Ano XXXVII
©1982-2018 - SINCO.net (Todos os direitos reservados) | ®Marcas
.
.
. . . .